Movimento artístico nascido no Recife espalha amor por todo o país

Crédito: Julio Jacobina/DP

Crédito: Julio Jacobina/DP

Circulando pelo Recife, você provavelmente já se deparou com algum desenho de um regador com a frase “Plante amor, colha o bem”. O projeto, que sensibiliza o dia a dia de tanta gente, nasceu em 2012 pelas mãos do designer carioca Rafa Mattos. O Plante Amor, Colha o Bem se transformou em um grande manifesto urbano que convida as pessoas a refletirem sobre o amor.

Crédito: Julio Jacobina/DP

Crédito: Julio Jacobina/DP

Crédito: robilop.com/ Reprodução da Internet

Crédito: robilop.com/ Reprodução da Internet

O movimento começou despretensiosamente, quando Rafa – se sentindo insatisfeito com seu trabalho no mercado publicitário – começou a fazer desenhos com frases e mensagens de amor em objetos que encontrava nas ruas, como papel, madeira e cerâmica. Até que um dia, achou uma grande pedra de mármore, onde desenhou pela primeira vez o regador com o coração, que viria a se tornar o grande símbolo do projeto. A frase “Plante amor, colha o bem” veio de um ensinamento de sua vó, que sempre falou sobre a importância de refletir sobre as atitudes com os outros.

Crédito: Renata Portini/ Divulgação

Crédito: Renata Portini/ Divulgação

Quando terminou o desenho, uma senhora se aproximou do artista e disse que gostaria muito de levar o desenho para casa. “Nós colocamos a pedra no carro dela e ela levou. Eu fiquei sem acreditar. A partir desse momento, eu percebi que podia tocar as pessoas e era isso que eu queria fazer. O Plante Amor nasceu no meu coração e foi se espalhando para outras pessoas”, relembra Rafa.

O Plante Amor começou com um desenho em uma pedra de mármore na rua - Crédito: Reprodução/Instagram

O Plante Amor começou com um desenho em uma pedra de mármore na rua – Crédito: Reprodução/Instagram

Quatro anos e meio depois, o Plante Amor se tornou muito maior que os “desenhos afetivos” que o designer entregava para amigos ou deixava pela cidade. Através de sua arte, Rafa acredita que pode fazer com que as pessoas pensem pela “ótica do amor” e, a partir disso, entende que o amor na verdade é uma atitude de respeito, de ser gentil com as pessoas na rua ou enquanto está no trânsito.

Crédito: Julio Jacobina/DP

Crédito: Julio Jacobina/DP

Crédito: Reprodução/Instagram

Crédito: Reprodução/Instagram

“Eu recebo muitos depoimentos de pessoas que sofreram violência, por exemplo, e falam pra mim que os desenhos mostram que através do amor tudo é possível. Eu tenho certeza que eu tenho ajudado muito o Recife, Pernambuco, até o Brasil. Eu tento mostrar que o amor transforma a vida das pessoas”, revela o designer.

Hoje, Rafa transformou o projeto em campanhas publicitárias. “Eu consegui fazer com que ele se transformasse em empreendedorismo. Fiz bons relacionamentos e comecei a assinar campanhas”, conta. Além disso, Rafa faz ações falando sobre a importância do vínculo entre as pessoas dentro de empresas, escolas, comunidades e instituições.

“Eu vou para qualquer lugar mostrar que o amor conecta e que isso nos torna pessoas melhores”, explica. Isto pode ser através de oficinas, palestras, dinâmicas de grupo e consultorias, para qualquer tipo de público, seja comercial ou solidária.

O projeto faz ações em escolas e comunidades - Crédito: Reprodução/Instagram

O projeto faz ações em escolas e comunidades – Crédito: Reprodução/Instagram

O artista carioca revela que o Plante Amor, Colha o Bem está se preparando para grandes projetos. Na última semana, o designer foi até Roraima fazer uma ação com crianças durante a Semana do Meio Ambiente. Também está planejando oficinas criativas e a produção de várias obras espalhadas por vários lugares do país. Recentemente, Rafa assinou um mural de 375m² em um hotel em Maragogi.

O artista pintou recentemente um mural com mais de 350m² - Crédito: Reprodução/Instagram

O artista pintou recentemente um mural com mais de 350m² – Crédito: Reprodução/Instagram

“Depois de 10 anos trabalhando como comunicador, enfim eu realizei a principal campanha da minha vida. Com nenhum dinheiro, duas canetas e lixo. O Plante Amor deu outro propósito para a minha vida de publicitário e designer. Sem querer, eu consegui dar um novo significado para minha vida e a de outras pessoas”, resume Rafa Mattos. 

Crédito: robilop.com/ Reprodução da Internet

Crédito: robilop.com/ Reprodução da Internet

Crédito: Reprodução/Instagram

Crédito: Reprodução/Instagram

Compartilhe este post sobre