Governo teme unanimidade no Supremo

Supremo Tribunal federal/Divulgação

Supremo Tribunal federal/Divulgação

O Planalto ainda tinha esperança de que a delação premiada da JBS fosse reprovada pelo STF – Supremo Tribunal Federal. Mas dos onze ministros do Supremo 7 já votaram a favor da validação da delação, os outros quatro ministros restantes votarão somente amanhã. Agora o temor do planalto é que a aprovação da delação seja unânime, se bem que o ministro Gilmar Mendes já se mostrou contrário ao acordo fechado. A grande surpresa do pleito foi o voto a favor de Ricardo Lewandowski, todos apostavam que seu voto seria ao contrario da aprovação. Junto com Lewandowski votaram, Edson Fachin, o relator do processo, Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Luiz Fux, Luís Roberto Barroso, Dias Toffoli.

Autor:: João Alberto

Compartilhe este post sobre