Pernambucana irá representar o Brasil no Festival do Caribe

A mestra do Coco viajará dia 1° de julho para o XXXVII Festival do Caribe, no dias 3, 4 e 5 de julho, na Casa do Caribe, em Santiago. Dona Glorinha do Coco, de Olinda, tem um currículo extenso: homenageada do São João do Recife em 2016, finalista do Prêmio da Música Brasileira em 2015, como melhor cantora regional e melhor CD regional e uma das vencedoras do 2º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia.

Crédito: João Vasco

Crédito: João Vasco

O evento é dedicado à cultura popular da ilha de Bonaire nesta edição, município especial abrangente dos Países Baixos e considerado um território ultramarino da União Europeia. A artista pernambucana viajará com seu grupo composto por Viola Luz, Isa Melo, Chris Nolasco e Tony Boy. Ela apresentará seu coco ancestral, inserida neste contexto de festividade e celebração, para orgulho dos pernambucanos e estreitamento de nossos laços culturais com o povo cubano.

Haverá espaço para poesia, oficinas de arte, contação de história, música e apresentação de pesquisas sobre a história e cultura dos países da região, como informa a produção do evento, além de tradicionais manifestações populares da ilha. Somente em 2017, Dona Glorinha do Coco ainda recebeu três homenagens e prêmios: Troféu AcinPE, Troféu Diva Pacheco e Trofeu Mulheres Empoderadas Geram Transformações Sustentáveis.

Autor:: Júlia Molinari

Compartilhe este post sobre