Jorge Vercillo no Recife: Um show de grandes sucessos e produções inéditas

Por Laís Leon/Especial para o Blog João Alberto

Crédito: Tsuey Lan Bizzocchi/Cabanga

Crédito: Tsuey Lan Bizzocchi/Cabanga

Com quase 30 anos de carreira, um dos grandes nomes da música nacional, o cantor e compositor Jorge Vercillo, se apresentou na noite desse sábado no Cabanga Iate Clube, no Recife. A noite contou com apresentação de abertura da cantora Roberta Campos, que apresentou alguns de seus sucessos, como as músicas Minha felicidade e De Janeiro a Janeiro. Tendo início às 21h, o evento seguiu até a madrugada deste domingo, encerrando às 3h.

Jorge, a grande atração da noite, reproduziu muitas canções antigas, passando por todos os discos gravados ao longo de sua carreira, incluindo composições suas dadas a outros artistas, como a música Pode ser, conhecida na voz de Pedro Mariano. Apesar de relembrar fases de sua trajetória com músicas renomadas, o artista também levou novidades para o show. Revelando músicas inéditas, Jorge fez uma apresentação surpreendente e marcante.

Roberta Campos no palco - Crédito: Tsuey Lan Bizzocchi/Cabanga

Roberta Campos no palco – Crédito: Tsuey Lan Bizzocchi/Cabanga

Em entrevista ao Blog João Alberto, o cantor ressaltou a importância do público pernambucano, especialmente recifense, na construção e consolidação do seu caminho na música e revelou sua admiração por artistas locais. “É uma terra especial, é um povo especial! Recife foi uma das cidades onde eu me tornei conhecido. Tenho muito carinho pelo Nordeste e muito respeito por alguns grandes nomes da MPB como Alceu Valença, Chico Science, Lenine e tantos outros”, disse. Durante a apresentação, Jorge pontuou a importância recifense no processo de composição da música Avesso. “Esta canção não existiria sem essa cidade”, comentou.

Minutos antes de subir no palco, o cantor mostrou-se animado para compartilhar sua produção e ressaltou o valor de uma musicalidade mais complexa. “Gosto de produzir composições e melodias profundas, porque minha nascente é a MPB, gênero musical que possui músicas mais densas”, afirmou. “ O mercado atual tem um perfil muito comercial, o que me faz sentir falta de produções mais criativas e ricas”, completou.

 

“Encontro das Águas”, música antiga e grande sucesso do cantor Jorge Vercillo. Apresentação no Cabanga Iate Clube. Vídeo: Laís Leon/Esp.DP

Uma publicação compartilhada por blogjoaoalberto (@blogjoaoalberto) em

Ainda em entrevista, Jorge Vercillo revelou novidades para o futuro. “Estou gravando um disco nos Estados Unidos (EUA), com canções em inglês; também estou fazendo parcerias com o pessoal do samba, do pop, outras vertentes e estilos inusitados. Enfim, tem muita coisa nova por vir”, concluiu o artista. Próximo lançamento do astro da música será na nova novela das 18h, com a canção “Vida É Arte.”

O jogador do Santa Cruz, Grafite, que prestigiou o show de Jorge Vercillo e Roberta Campos no Cabanga com a esposa Grace Libanio - .Crédito: Tsuey Lan Bizzocchi/Cabanga

O jogador do Santa Cruz, Grafite, que prestigiou o show de Jorge Vercillo e Roberta Campos no Cabanga com a esposa Grace Libanio – .Crédito: Tsuey Lan Bizzocchi/Cabanga

Author: Thayse Boldrini

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*