Falta de pernambucanidade

Paulo Freire/Divulgação

Está faltando reação firme dos nossos políticos à campanha contra a imagem de Paulo Freire, que se tornou uma legenda da educação no mundo. Agora, tem proposições dos deputados Heitor Freire, do PSC do Ceará, e Coroline de Toni, do PSL de Santa Catarina, para que seja revogada a lei que declarou o educador pernambucano Patrono da Educação Brasileira. Nomeado patrono da educação brasileira em 2012, o filósofo e educador pernambucano Paulo Freire foi uma das mais importantes figuras do cenário educacional do país e do mundo. Suas teorias voltam-se à crítica de uma educação tecnicista e defesa de um processo dialógico da educação, apresentando uma visão em que o educando constrói seu próprio caminho e não seguindo um previamente construído.

 

 

Author: João Alberto

Compartilhe este post

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.