Um risco calculado

Augusto Aras/Divulgação

Ainda a indicação de Augusto Aras para procurador-geral: veteranas figuras do Judiciário lembram que não são novas tentativas de presidente de transformar o beija-mão do procurador-geral de República em garantia de impunidade ou alinhamento ao Planalto – e quase todas naufragaram. Há um outro lado: quando indicou Raque Dodge ao posto, Michel Temer achava que estava se blindando das investigações de Rodrigo Janot. Um ano depois, Dodge fazia a terceira denúncia contra Temer.

 

Author: João Alberto

Compartilhe este post

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.