Mesa posta: o hobby que virou profissão para Isabela Azevedo

Mesa posta: o hobby que virou profissão para Isabela Azevedo

Izabela Azevedo do IG @beluquices

A pernambucana Isabela Azevedo concilia sua carreira como Servidora Pública do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco com a vida de Influenciadora digital e colunista do Portal IG. Especialista na elaboração da mesa posta, o perfil @beluquices, comandado por ela, apresenta diversas dicas para aqueles que gostam de investir em uma decoração aconchegante e detalhada na hora de colocar a mesa. Em conversa especial com o Blog de João Alberto, Isabela explicou detalhadamente o funcionamento dessa técnica, que vem conquistando cada vez mais adeptos e respondeu algumas perguntas. Vamos conferir?

Entenda a mesa posta

Pra muitos, a mesa posta é uma demonstração de carinho, afeto e gentileza. O ato de sentar-se à mesa, fazer refeições na companhia de familiares ou amigos, é um hábito saudável e prazeroso. “É a ocasião em que podemos presentear o outro com algo muito especial nos dias de hoje: o tempo. Tempo real, sem celular e outras distrações, verdadeiramente vivido. Conversar sobre o que aconteceu ao longo dia. Isso fortalece vínculos familiares e os resultados são surpreendentes”, explica Isabela.

Em 2016, a revista Super Interessante realizou uma pesquisa com 1,2 mil pessoas de seis estados, que revelou que a grande maioria dos brasileiros não leva mais do que meia hora do começo ao fim de uma refeição, reservando os almoços de domingo para passar mais tempo à mesa com a família, ocasião em que os laços afetivos são estabelecidos com maior força. Entre as queixas mais frequentes das famílias, está a falta de tempo: a maioria afirma que abre mão de realizar refeições em torno da mesa por esse motivo.

Em meio à situação atual em que o país se encontra, com a quarentena e o isolamento social de combate ao coronavírus, esse hábito pode voltar a fazer parte da rotina. Apesar dos problemas enfrentados, é uma ótima oportunidade para sentar-se à mesa e experimentar uma refeição de forma mais desacelerada, apreciando a companhia de quem divide o lar com você.

>> Hábito que valoriza diversos seguimentos

O hábito de montar uma mesa posta ganha cada vez mais adeptos. “Pessoas de diferentes faixas etárias têm percebido os benefícios trazidos pelo simples ato de priorizar o momento da refeição, seja ela qual for. Para além da estética e da decoração, a mesa é lugar de união”, explica a influencer. E, além de todo o valor sentimental, que é o objetivo principal da mesa posta, ela também ressalta o mercado promissor. Apresentando variedade de louças, taças, jogos americanos, sousplat, toalhas e outros itens disponíveis nas lojas, desponta como oportunidade para as empresas investirem em produtos inovadores, com design criativo e em sintonia com a moda.

A arquitetura também abre espaço para esses momentos. “É comum perceber que os projetos de arquitetura em apartamentos e casas têm conferido maior destaque às áreas de convivência social, tais como a varanda gourmet, a sala de jantar ou a cozinha americana”, explica Isabela. Em função da crise econômica, muitos têm preferido promover recepções em casa à sair para jantar em restaurantes. De certa forma, esse fator tem contribuído para que um número maior de pessoas busque dicas e sugestões de como receber em casa de forma descontraída e agradável, procurando adquirir novos produtos para suprir as suas necessidades.

Tirando dúvidas

Quais os principais benefícios que a mesa posta trouxe para sua casa?

Acredito que o fortalecimento dos vínculos familiares é um dos principais benefícios que a mesa posta trouxe para minha casa. À mesa, tenho oportunidade de conversar com meu marido, dar atenção, compartilhar não só a refeição, mas também o nosso tempo.

Que dica que você deixa para as pessoas que querem inovar na decoração usando os itens que já possuem em casa?

A principal dica é a versatilidade. Costumo dizer que devemos buscar novas funcionalides para as peças que temos em casa. Usar a taça de sobremesa para servir iogurte no café da manhã, aperitivos à noite. A xícara, por exemplo, além de servir o café pode ser usada como “jarrinho” de flores.

Dos conteúdos compartilhados, com qual você mais se identifica?

No meu perfil no instagram, o @beluquices, busco compartilhar dicas relacionadas à mesa posta, culinária, decoração , etiqueta, comportamento. Acho que esse segmentos conversam entre si. Difícil escolher apenas um, mas confesso que me identifico mais com as postagens de decoração das mesas, propostas de composições que as pessoas podem se inspirar.

Você sempre foi bastante ativa nas redes sociais. Qual o segredo para se reiventar e se destacar em tempos de quarentena?

Acho importante buscar compartilhar conteúdos que de alguma forma sejam úteis para os seguidores neste momento delicado. Sempre com responsabilidade, cuidado, empatia e conexão com a realidade. Por exemplo, além dos conteúdos destinados ao entretenimento (como lives relacionadas a mesa posta e plantas), tenho buscado trazer assuntos relevantes para discussão: dúvidas sobre direito do consumidor e do trabalho, conselhos de empreendedores locais sobre o mercado, desafios da educação em tempos de pandemia, importância do artesanato e formas de auxiliar os artesãos neste momento, dentre outros.

Que item não pode faltar na sua mesa posta?

Gosto muito de incluir plantas e/ou flores nas minhas mesas postas. Acho que o “verde” complementa lindamente a mesa e traz energia, aconchego. Sejam elas naturais ou permanentes.

Qual mesa posta você mais gostou de elaborar?

Difícil escolher apenas uma. Ao longo dos anos já montei tantas mesas que me trouxeram boas memórias e gratas experiências. Mais tem uma, em especial, que representa muito para mim. Quando meu pai estava internado em um hospital particular em Recife para tratamento de câncer, eu e minha mãe tínhamos o costume de montar mesas no quarto do hospital para ele. Como a mesa posta sempre esteve presente na nossa família, era uma forma de demonstrar amor, carinho e cuidado para ele em momentos tão difíceis. Fizemos uma mesa para celebrar o aniversário de casamento dos meus pais, Dia dos Namorados… Essas atitudes nos deixaram memórias afetivas muito especiais.

Author: Marcela Nunes

Compartilhe este post

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.