Alec Baldwin faz diri bi Dia das Bruxas com os filhos para fugir do drama

O ator norte-americano Alec Baldwin, 63, e sua esposa Hilaria Baldwin, 37, compartilharam registros do Dia das Bruxas, que, nas redes sociais. Em uma publicação feita no Instagram, a esposa afirmou que os dois queriam dar “um feriado” para os filhos. “Ser pais durante isso [morte da cineasta] tem sido uma experiência intensa, para dizer o mínimo. Hoje, nos reunimos para dar a eles um feriado. Fantasias de última hora… um pouco confuso… mas eles estavam tão felizes que aqueceram o coração da mamãe”, escreveu na legenda. As imagens mostram os seis filhos do casal, Carmen, 8, e Maria Lucia Victoria, de 8 meses, com um vestido decorado com teias de aranha, assim como Hilaria. Em outro registro, é possível ver Rafael, 6, Leonardo, 5, Romeu, 3, e Eduardo, 1, também vestindo fantasias.

O registro foi compartilhado um dia após o ator quebrar o silêncio e falar pela primeira vez com jornalistas sobre a morte de Halyna Hutchins, 42, diretora de fotografia que ele acidentalmente atirou e matou no set de seu filme “Rust”, em Santa Fé, Novo México, nos Estados Unidos, no dia 21 de outubro.

“Ela era minha amiga, ela era minha amiga”, disse Baldwin. “Quando cheguei a Sante Fé para começar a filmar, levei-a para jantar”, disse Baldwin aos repórteres enquanto estava parado na beira de uma estrada rural com a mulher Hilaria Baldwin, que filmava tudo com um celular. “Éramos uma equipe muito, muito bem treinada, filmando juntos quando esse evento horrível aconteceu”. O ator falou que de vez em quando ocorrem acidentes em sets de filmagem, mas nada parecido com o que aconteceu no set de “Rust”. “Este é um episódio em um trilhão, um evento em um trilhão”, afirmou.

Baldwin falou ainda que está em contato constante com o viúvo de Halyna, Mathew Hutchins. O casal teve um filho de 9 anos. “Estamos muito preocupados” com a família dela, disse Baldwin, acrescentando que foi “ordenado” pelo gabinete do xerife de Santa Fé a não falar sobre o caso.

Em depoimento à polícia, o ator afirmou que apontando o revólver para uma câmera durante um ensaio no set de filmagem do filme “Rust” quando a arma disparou e atingiu a Halyna no peito. Ele forneceu detalhes adicionais do disparo acidental que matou a diretora de fotografia e feriu o diretor Joel Souza. Baldwin havia recebido a arma cenográfica e tinha sido informado de que estava descarregada, disseram autoridades de Santa Fé em documentos judiciais.

“Joel afirmou que puseram Alec sentado em um banco de uma igreja cenográfica, e ele estava treinando um saque cruzado. Joel disse que estava olhando por cima do ombro de [Hutchins] quando ouviu o que pareceu um estalo e depois um estouro alto”, informou a declaração.”Joel depois se lembrou vagamente de [Hutchins] se queixando de dor no estômago e apertando o tronco. Joel também disse que [Hutchins] começou a tropeçar para trás e que foi ajudada a se deitar”.

Hutchins disse que não conseguia sentir as pernas, disse Reid Russel, um operador de câmera que estava perto dela no momento do disparo, às autoridades. Transtornado, Baldwin foi fotografado no dia 23 de outubro diante de um hotel de Santa Fé abraçando e conversando com Mathew Hutchins, marido de Halyna Hutchins, e o filho de 9 anos do casal.

Author: João Alberto

Compartilhe este post

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.