Itália não vai devolver condenado do mensalão

Henrique Pazianoto/Divulgação

Henrique Pazianoto/Divulgação

Henrique Pizzolato, ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, condenado a 12 anos em prisão fechada no julgamento do mensalão, foi o único dos condenados que o presidente Joaquim Barbosa mandou para a cadeia que não se apresentou. Ao contrário, está na Itália, sem qualquer projeto de se entregar. Todos os condenados do mensalão foram obrigados a entregar o passaporte e Henrique entregou o seu, brasileiro. Acontece que ele tem dupla cidadania e continuou com seu passaporte italiano, com o qual fugiu para a Itália.

Lá, ficará tranquilo, pois o governo brasileiro não vai conseguir suas extradição. O governo italiano, que não costuma entregar cidadãos italianos condenados em outros países, ainda está revoltado com a decisão do governo brasileiro de não extraditar Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua por quadro mortes na Itália e que até hoje permanece no Brasil, leve e solto. Não se sabe se como foragido da justiça ele continuará recebendo sua aposentadoria do banco.

Author: admin

Share This Post On