Uma história mirabolante

A casa de Gilberto Scarpa em Punta Del Este

A casa de Gilberto Scarpa em Punta Del Este

Gilberto Scarpa, que já foi o maior empresário do setor de garrafas pets do País, fechou acordo com uma produtora de Los Angeles para levar às telas americanas e de países hispânicos um seriado de 50 capítulos, o ‘Don Scarpa’. O dono da produtora envolvida em Los Angeles, Martin Fontain, é amigo de Gilberto e sócio de canal de TV no Uruguai. Scarpa contará a sua vida na alta sociedade e bastidores da relação com artistas internacionais e poderosos no circuito São Paulo – Punta Del Este – onde recebia políticos como Jorge Bornhausen, Orestes Quércia, Leopoldo Collor, o presidente do Uruguai, Jorge Batlle, e o então senador Gilberto Miranda.

O apelido Don Scarpa foi dado a Gilberto pelos moradores e turistas em Punta, respeitado na cidade, onde mantinha a mansão La Pinduca, que era a sede de festas nababescas nas décadas de 80 e até o fim dos 90. Por lá passaram nomes internacionais como Pelé, os atores Antonio Banderas e a mulher, Melanie; o jogador Maradona, as atrizes Catherine Deneuve, Gina Lollobrigida e Margaux Hemingway, neta do famoso escritor. A nobreza também atravessou os salões, entre eles a princesa Diane von Fürstenberg (, e a condessa Gunilla Gräfin von Bismarck, neta do ex-chanceler alemão Oton Von Bismarck.

Entre as muitas histórias de bastidores do Poder, Gilberto adianta uma sobre Pelé. Um dia de 1995 o jogador o procurou de surpresa na casa e disse que teve uma ‘oferta’ da família Kennedy, dos Estados Unidos, para ter ‘o que quiser’ e se tornar o presidente do Brasil, com total apoio dos americanos. Mas Pelé queria mesmo era concorrer para presidente da FIFA. O primeiro projeto ficou ‘no banco’. O segundo, aliás, não está descartado.

 

Author: admin

Share This Post On