Crise na telefonia

A desaceleração da economia brasileira chegou ao setor de telefonia, que, até então, desconhecia a palavra crise. Com menos lucros, as operadoras também vêm enfrentando altos números de inadimplência. Conclusão: a participação das receitas de telefonia em relação ao PIB deve chegar a 3,66% neste ano. O número é menor que os 3,99% do ano passado. O resultado será puxado pela telefonia móvel que, pela primeira vez, desde 2006, vai apresentar recuo em relação à economia. Deve fechar o ano de 2013 com um peso de 2,13% no PIB. Em 2012, sua importância era de 2,24%.

Author: admin

Share This Post On