Otto e Cidadão Instigado surpreendem no Baile Perfumado

Crédito: Maquina3

Crédito: Maquina3

Quem circulou pelo Baile Perfumado, nesta sexta-feira, saiu de lá com a certeza de ter presenciado uma noite antológica com os shows empolgantes e emocionantes de Otto e Cidadão Instigado. Passava da meia-noite, quando Fernando Catatau e os demais integrantes do Cidadão Instigado surgiram no palco com a música “Doido” e mostraram um rock regionalista forte, psicodélico, sem pudor e com uma pegada de brega. A segunda música, “Como as luzes”, criou uma atmosfera diferente no gargarejo. Teve gente que cantou de olhos fechados, outros abraçados aos amigos e os mais eufóricos pularam com as mãos para cima.

Fernando Catatau Crédito: Maquina3

Fernando Catatau Crédito: Maquina3

Outras músicas do álbum Uhuuu!, lançado em 2009, foram bastante aplaudidas e fizerem o público arregalar o gogó, como “Contando estrelas”, “Homem velho” e “Deus é uma viagem”. Destaque para “Os urubus só pensam em te comer”, que pegou boa parte da plateia de surpresa. Os cearenses encerram com “Escolher pra quê?” e também com novos fãs conquistados.

Quem pensou que a passagem musical do líder e guitarrista, Fernando Catatau, em terras pernambucanas estava encerrada se enganou. Para quem não sabe, além do Cidadão Instigado, Fernando também toca guitarra na Jambobrand, banda de apoio de Otto. E foi assim que ele trocou o papel de vocalista tímido pelo de guitarrista empolgado.

Setlist do Cidadão Instigado Crédito: Maquina3

Setlist do Cidadão Instigado Crédito: Maquina3

Foi sob uma chuva de aplausos e gritos que o cantor Otto surgiu no palco da casa noturna, pontualmente às 2h, ao som de “Exu Parade”. O show teve tudo o que os fãs esperavam dele: tirou a camisa, rebolou, deitou no chão, jogou água na cabeça. Com uma energia invejável, Otto estava sempre a correr de um canto a outro do palco e surpreender quem se amontoava na plateia. Houve, ainda, uma pequena homenagem ao carnaval. Otto entoou “Bloco das flores” e o que se ouviu foi um enorme coro uníssono dos fãs. Até Reginaldo Rossi foi relembrado na noite por Otto, que puxou o hit do rei “Em plena lua de mel”.

Crédito: Maquina3

Crédito: Maquina3

Extasiado, Otto não encontrava palavras para descrever a alegria que estava sentindo. “Não sei o que dizer”, repetiu várias vezes. No setlist, grande parte do álbum “Certa Manhã Acordei de Sonhos Intranquilos”, como “Saudade”, “Crua”, “Filha”, “Naquela mesa” e “Janaína” e canções mais antigas, a exemplo de “Ciranda de maluco” e “Bob”.

Ex-percussionista do Mundo Livre S/A e da Nação Zumbi, o artista relembrou os velhos tempos e cantou o sucesso “A praieira”. O resultado ficou visível na cara de satisfação dos pernambucanos, que vibraram, deliram e pediram bis. O grand finale da apresentação ficou a cargo de “6 minutos”, provocando êxtase geral. E, vale ressaltar, a escolha não poderia ter sido melhor. Otto superou as expectativas e, com certeza, fez muita gente voltar sem voz para casa.

Otto Crédito: Maquina3

Otto Crédito: Maquina3

Author: admin

Share This Post On