Absurdo em Brasília

noticia_

Mais um absurdo em Brasília. A Infraero pretende abandonar sua sede em edifício próprio, isenta de custos, por um prédio da falida Transbrasil no Aeroporto JK, em Brasília, pelo qual pagará R$ 528 mil por mês. O pré-acordo entre os diretores Clóvis Dátoli, da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), e Antonio Droghetti, da Inframérica, em mãos da coluna, flagra o descalabro. E as duas assessorias confirmam as tratativas. A Inframérica é o consórcio do grupo argentino que hoje administra o terminal de Brasília (Com o blog Esplanada)

 

 

Author: admin

Share This Post On