Decisão mantida: Tenda Eletrônica está fora do Carnaval do Recife

Crédito: Reprodução Facebook

A tenda ficava lotada em todas as edições – Crédito: Flora Pimentel/Divulgação

Como o Diario de Pernambuco já havia divulgado, havia possibilidade de, neste ano, o Carnaval do Recife ficar sem a Tenda Eletrônica. A decisão, agora, é confirmada. O agito, que já fazia parte do calendário carnavalesco da cidade há 12 anos, não terá edição em 2014. “São 12 anos de trabalho, a gente já tinha feito uma programação, já íamos investir nos artistas para virem, já tínhamos uma grade. Foi uma tremenda falta de respeito com a gente”, afirma Felipe Falcão, organizador da tenda.

A medida foi tomada em reunião na tarde de ontem, para a qual Felipe não foi convidado. “Eles nem me escutaram, nem falaram comigo. Quem idealizou esse projeto fui eu”, enfatizou. A assessoria de comunicação divulgou nota explicativa sobre o assunto:

“A Fundação de Cultura Cidade do Recife esclarece que a realização da tenda eletrônica este ano não foi autorizada, uma vez que está sendo respeitada a limitação de horário para o fim das festas no período do Carnaval, estabelecida por orientação do Ministério Público de Pernambuco e Secretaria de Defesa Social do Estado. A Fundação de Cultura informa ainda que, apesar da tentativa, não foi possível realocar o horário ou local da atividade dentro da já extensa programação carnavalesca recifense”. 
O produtor Felipe Falcão lamenta a retirada da tenda da programação - Crédito: Reprodução Facebook

O produtor Felipe Falcão lamenta a retirada da tenda da programação – Crédito: Reprodução Facebook

O espaço acontecia todos os anos depois do Rec-Beat e já tinha um público cativo, que fazia questão de comparecer em todas as edições. Além de confirmar a multiculturalidade do Carnaval do Recife, a tenda valorizava DJs locais. Entre os nomes que já passaram por lá, Renato da Mata, Patife, Dolores, Lala K, Juliana Vieira, Leo Loyo e outros.

O DJ Renato da Mata já tocou na tenda - Crédito: Flora Pimentel/Divulgação

O DJ Renato da Mata já tocou na tenda – Crédito: Flora Pimentel/Divulgação

“Um dos eventos mais importantes para DJs do estado e de fora de Pernambuco. Um dos lugares que foram fundamentais em minha carreira como DJ. Toquei em 2007 com DJ Tano, da banda Z’África Brasil, e em 2011, com DJ KL Jay do Racionais MC’s. Eu sempre falei que o palco da tenda era um dos grandes testes para um DJ, olhar para o povo de nossa terra e mostrar o que realmente sabe fazer nos decks. Lamentável”, disse o DJ Renato da Mata quando soube da decisão.

Segundo Renato, inclusive, esta é uma medida que está sendo sentida por toda a classe de DJs.Para ele, o local era, sobretudo, uma inspiração para quem queria investir na carreira. “Dava pra ter uma noção de como a música eletrônica tem força entre o público jovem e mais velho. Fora o acesso a novas sonoridades e estilos musicais que, antes, era quase desconhecido pelo grande público”, explicou.

Author: Gabriella Autran

Share This Post On