Eduardo Baptista subiu no telhado

Eduardo Baptista/Divulgação

Eduardo Baptista/Divulgação

Depois de tornar o Sport freguês do Náutico, perdendo três partidas para o alvirrubro, duas dentro da Ilha do Retiro, o técnico Eduardo Baptista deixou de ser unanimidade entre os rubro-negros e na derrota do domingo passado foi saudado com gritos de “burro”. Para muitos torcedores do time, ele tem escalado mal, trocando ainda pior. E inventou de jogar com o time reserva diante do Central e Salgueiro, perdendo valiosos pontos, com o pretexto de priorizar o Nordestão. Agora, tem a dificil obrigação de ganhar o Nordestão e o pernambucano. Caso contrário dificlmente vai dirigir o Sport na Série A.

Author: João Alberto

Share This Post On