O caso Pedrinho tem mobilizado em prol de doações

Crédito: Reprodução do Instagram

Crédito: Reprodução do Instagram

Pedro Libração da Lavra Baragão, o Pedrinho, um bebê de dez meses, é protagonista de uma história de superação e personagem de uma das principais “correntes do bem” que circula hoje na internet e nas redes sociais. Na 26ª semana de gestação, os pais do pequeno, Aline Libração da Lavra, 34 anos, e Roger Baragão, 41 anos, de São Paulo, descobriram que a síndrome rara – Síndrome do Intestino Curto (SIC) – pode ser curada apenas por meio de transplante de intestino realizado nos Estados Unidos avaliado em US$ 1 milhão (cerca de R$ 2,2 milhões).

Crédito: Reprodução do instagram

Crédito: Reprodução do instagram

Desde então, a campanha dos pais tomou uma grande repercussão e conta com a ajuda de muitos famosos. Mais de 170 mil pessoas já compartilharam as postagens nas redes sociais e os posts diários chegam a ser visualizados por mais de 30 mil pessoas. O resultado de toda essa comoção é que já foram arrecadados um pouco mais de R$1 milhão, mas ainda falta muito. No Instagram (@amigosdopedrinho – com  mais de 40 mil seguidores), a mãe de Pedrinho publicou uma mensagem emocionante, leia na íntegra:

Crédito: Reprodução do instagram

Crédito: Reprodução do instagram

“Quando comecei a campanha pela saúde do meu filho não conseguia imaginar a proporção que isso ganharia. O que tinha em mente é: preciso de 1 milhão de dólares para salvar a vida do meu filho. Sim, parecia impossível conseguir esse dinheiro, e hoje ainda parece que é algo distante. Tento não ficar presa às cifras, mas infelizmente não posso. Temos pressa. O Pedrinho tem pressa. A vida do meu filho tem pressa e temo pelo momento em que não será mais possível esperar. Sou grata a cada um dos amigos que fizemos ao longo dessa jornada. Sou grata a cada doação que recebemos. Saibam que houve muitas doações pequenas. São as pessoas mais humildes quem colaboram mais, que tiram 5 ou 10 reais do orçamento para acalmar o coração desta mãe aqui.

A cada dia a gente recebe nos amigos no Facebook, no instagram e no twitter. Muita gente gosta de ver fotos do Pedrinho, de compartilhar nossos momentos em família e fico imensamente feliz em dividir nossas alegrias com todos. Mas, permitam-me dividir também as minhas preocupações. As minhas tristezas e incertezas. O amor que nutrem pelo meu filho não tem preço. Por isso me sinto constrangida em pedir mais do que isso, mas eu preciso pedir, ele depende disso para continuar a sorrir. Muitos de vocês já doaram, mas, se puderem ajudar novamente pedindo para que outros também colaborem podemos juntos salvar o Pedrinho.

Ele tem alma de guerreiro. Tem aguentado firme as dificuldades que sua condição de saúde impõe. Mas até quando? Ele é apenas um bebê, com corpo frágil, delicado e que precisa de muitos cuidados especiais. Sempre fomos muito otimistas e levamos tudo com um sorriso no rosto, acreditando, torcendo, orando. Mas é preciso agir!
A preocupação tem sido grande. A vida é urgente.
Pedrinho depende de nós… #juntossomosmaisfortes #amigosdopedrinho #agoraeavezdopedrinho”

Author: Thayse Boldrini

Share This Post On