Torcida fez a diferença na Arena Brahma

selo de olho na copa

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Depois de testar os corações brasileiros nas oitavas, o time comandado por Felipão mostrou que o Brasil é forte e derrotou a Colômbia pelas quartas de final. Apesar do que aconteceu com Neymar em campo, o clima da festa era de animação total

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Quem assistiu ao embate na Arena, pôde esquentar o jogo com a banda Citrus Clube, que provou mais uma vez que tudo vira samba, incluindo a música “Vai ter que Rebolar”, sucesso da dupla Sandy e Júnior nos anos 90. O show ainda contou com a participação do vocalista da banda Soul Sertanejo, Flávio, que cantou reggaes e alguns dos hits de Tim Maia.

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Can de Paula e Victor – Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Felipe e Fabiana Carreras – Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Após todas as emoções e gols da partida, a banda baiana Jammil e uma noites colocou todo mundo para dançar. Clássicos como “Inaraí” e “Pimpolho” foram cantadas em coro pelos torcedores. A responsável por fechar a noite foi a banda Só na Marosidade, que cantou os sucessos “Selinho não é Gaia” e “Não quero mais saber de amor” junto com o público presente.

Só na Marosidade e Chico, de Citrus Clube, fazendo participação especial - Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Só na Marosidade e Chico, de Citrus Clube, fazendo participação especial – Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Aníbal Pinteiro e Eduardo Dias - Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Aníbal Pinteiro e Eduardo Dias – Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Riva Campina, Daniel Asfora e Ulysses Pernambucano - Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Riva Campina, Daniel Asfora e Ulysses Pernambucano – Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

O sistema open bar de bebidas funcionou, assim como a estrutura de banheiros químicos montada no espaço. A produção dos que foram curtir a vitória do Brasil era só verde, amarela e azul, além claro, de muitos com a camisa oficial da seleção brasileira, que bateu recorde de vendas na cidade. Antes mesmo da festa chegar ao fim, os produtores já anunciaram Banda Eva e Timbalada para a próxima edição, terça-feira, após o jogo Brasil x Alemanha.

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Crédito: Duda Carvalho/Comunnik

Leia mais sobre o assunto:
– Banda Eva e Timbalada, próxima terça-feira, na Arena Brahma

Author: Thayse Boldrini

Share This Post On