Os problemas da indústria brasileira

Roberto Giannetti da Fonseca/Divulgação

Roberto Giannetti da Fonseca/Divulgação

O respeitado economista Roberto Giannetti da Fonseca, ex-diretor da área internacional da Fiesp, faz sérias revelações na entrevista que concede às páginas amarelas da Veja desta semana. Lembrou que a Fiat, a General Motors e a Volkswagen vendiam automóveis para a China, Europa e África e os carros produzidos no Brasil eram muito competitivos. Lembro que numa das vezes que estive na China, vi que quase todos os táxis eram do modelo Santana, produzido no Brasil. A exportação dos carros brasileiros, hoje, é impossível, pois na comparação com veículos fabricados em outros países, os nossos  são muito caros e têm uma tecnologia defasada.

Sobre o nível baixo do desemprego no Brasil, destaca que é preciso observar a qualidade das vagas oferecidas. Os melhores empregos são os industriais, que exigem formação profissional. O Senai forma 3,5 milhões de técnicos por ano. E fica a questão :por que investir neles se dpois não haverá empregos na indústria brasileira?

 

Author: João Alberto

Share This Post On