Paulo Skaf pode mudar de partido para disputar Prefeitura de São Paulo

Paulo Skaf/Divulgação

Paulo Skaf/Divulgação

 

O candidato derrotado ao governo de São Paulo, Paulo Skaf, deverá mesmo deixar o PMDB que não lhe oferecerá a legenda para que concorra à prefeitura paulistana em 2016. O vice-presidente Michel Temer, presidente nacional do partido, acha que ele traiu a agremiação recusando-se a apoiar Dilma Rousseff e até declarando que iria votar em Marina. Levy Fidelix, presidente do PRTB, já avisou que seu partido está à disposição de Skaf, lembrando que Collor voltou ao Senado pela legenda.

Author: João Alberto

Share This Post On