Absurdo no bloco Acorda pra tomar gagau

Estandarte do Acorda pra tomar Gagau

Estandarte do Acorda pra tomar Gagau

 

Alexandre Ramos, diretor do troça Acorda pra tomar gagau, no carnaval de Olinda, esclarece que a agremiação não tem qualquer ligação com pessoas que utilizam sons automotivos durante o desfile, uma prática abusiva que a Prefeitura deveria ter uma fiscalização rígida para evitar.

Author: João Alberto

Share This Post On