O processo de criação do Galo da Madrugada

selo_carnaval2015

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

No mês de janeiro, a rotina da comunidade do Pirajuí, em Igarassu,  é bem diferente. Tudo por um motivo especial: o processo de criação do Galo da Madrugada. As 26 partes que compõem a estrutura da principal figura do carnaval pernambucana ficam distribuídas entre três galpões e áreas abertas do sítio que o artista plástico Sávio Araújo comprou em 1992.

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

O artista plástico Sávio Araújo – Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Durante um mês de produção do monumento de 27 metros, que pesa 33 toneladas, os colaboradores ganham em média dois salários mínimos. A instalação do Galo está marcada para o próximo dia 11, às 23h. Para isso, oito caminhões farão o transporte das 26 partes da estrutura até o Recife. Confira alguns cliques exclusivos do processo de criação:

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Author: Thayse Boldrini

Share This Post On