A disparada do dólar

Dolar/Divulgação

Dólar/Divulgação

O dólar fechou em alta de mais de 2% ontem, na máxima cotaçãoi em mais de dez anos, refletindo o estresse do mercado com a possibilidade de a Grécia deixar a zona do euro e com a desaceleração econômica da China. A divisa americana subiu 2,12%, a R$ 2,8364 na venda, maior nível desde 1º de novembro de 2004, quando fechou negociado a R$ 2,854. Na máxima da sessão, a divisa alcançou R$ 2,8398.

Embora parte dos fatores que vêm pressionando a divisa norte-americana nos últimos dias tenham origem nos mercados externos, a deterioração dos fundamentos macroeconômicos brasileiros, dúvidas sobre o futuro da Petrobras e fatores técnicos garantiram que a pressão cambial fosse mais intensa aqui.

No mercado paralelo, o dólar está perto dos R$ 3.

 

Author: João Alberto

Share This Post On