O domingo de folia no Carvalheira na Ladeira

selo carnaval

Por Julia Schiaffarino

No Carvalheira na Ladeira 2015, o domingo foi de total alto astral. Mesmo com um espaço mais afastado da folia de Olinda, em decorrência das proibições de camorotes pela Prefeitura, este ano, aqueles que reservaram o domingo para curtir a folia de Momo em grande estilo não tiveram do que se arrepender. Pelo contrário, com uma área maior, ficou mais agradável de aproveitar os shows.

A banda Los Sebosos abriram o evento - Crédito: Reprodução Instagram

A banda Los Sebosos abriram o evento – Crédito: Reprodução Instagram

A tarde começou com Los Sebosos, que fizeram dançar os foliões que chegaram cedo ao evento. Em seguida, o Monobloco fez lembrar que em Olinda é carnaval e a folia tem que ser curtida de maneira plena. Na sequência, um dos shows mais esperados. Otto fez todos cantarem ao som de músicas conhecidas.

Otto - Crédito: Reprodução Instagram

Otto – Crédito: Reprodução Instagram

Uma das primeiras, Dias de Janeiro foi a mais cantada. Pouco depois, Cuba, gravada com Chorão. Durante a apresentação, Otto lembrou o vocalista da banda Charlie Brown Jr. enquanto cantava. Também lembrou da extinta Nação Zumbi, da qual foi percussionista. Tanto foi que emendou sucessos fazendo a galera cantar ainda mais alto nos refrões. As apresentações no palco principal tiveram fim com o reaggae do Natirus. Entre os shows, o DJ Alok não deixou galera ficar parada. Na tenda eletrônica, ele tocou sucessos que fizeram a tarde parecer noite e a festa ficar com gosto de quero mais.

 Crédito: Reprodução Instagram

Crédito: Reprodução Instagram

Aqueles que preferiam podiam curtir os espaços organizados pelo Carvalheira, a exemplo da área Gourmet. A tenda da Pillar foi uma das mais concorridas, uma vez que estava sob o comando do badalado chef André Falcão. Outra que também fez fila foi a que oferecia a famosa Carva no formato Frozen. A bebida foi lançada no final do ano passado e faz sucesso nas festas do Carvalheira. Um grupo de Maracatu também movimentou os intervalos dos foliões padrão Carvalheira

Author: Gabriella Autran

Share This Post On