A animação do terceiro dia do Carvalheira na Ladeira

selo carnaval

Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Por Rosália Vasconcelos

Versatilidade é a melhor palavra para definir o show de Monobloco. Hoje, na apresentação dentro do camarote Carvalheira na Ladeira, em Olinda, não foi diferente. Rolou sambão, sim, com “É Hoje” e outros hinos de escolas de samba.

Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Mas no line-up da banda também compuseram marchinhas de carnaval, como a famosa “Cabeleira do Zezé”, e hits do funk carioca, como “Eu só quero é ser feliz” e outros mais recentes, como “Beijinho no Ombro”, este último da funkeira Valesca Popozuda. Por fim, a bateria da banda ainda desceu do palco para tocar junto ao público, simulando a passagem de um bloco carnavalesco.

Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

A fluidez e a energia do Monobloco é o que sempre atrai uma multidão quando produtores anunciam o show da banda. E talvez tenha sido esse o motivo que fez lotar a segunda-feira de carnaval no Carvalheira na Ladeira.

Dentro do camarote, tanto na arena dos shows como na tenda eletrônica, os espaços estavam disputadíssimos. Outra atração de peso, o Baile Sapucapeta também colocou todos os foliões para dançar durante todo o dia desta segunda de carnaval.

Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Apesar deste ano o espaço do camarote estar um pouco mais longe das ladeiras da Cidade Alta, o público investiu numa produção aos moldes do carnaval olindense. Na customização dos abadás, não faltaram lantejoulas, miçangas, rendas e paetês. Já nos acessórios para cabelo, as penas e pérolas ganharam destaque. Confira alguns cliques do terceiro dia da festa:

Rafael Lobo e Rebeca Barroca. Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Rafael Lobo e Rebeca Barroca.
Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Isabelle Leite, Duda Dubeux, Renata Barroca e Bruna Monteiro. Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Isabelle Leite, Duda Dubeux, Renata Barroca e Bruna Monteiro.
Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Rebeca Batista e Eduardo Barata. Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Rebeca Batista e Eduardo Barata.
Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Gabriela Pezzelli, Renata Valle e André. Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Gabriela Pezzelli, Renata Valle e André.
Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Eduardo Carvalheira e Germana. Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Eduardo Carvalheira e Germana.
Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Jorge Peixoto e Bruna Monteiro. Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Jorge Peixoto e Bruna Monteiro.
Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

André Queiroz. Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

André Queiroz.
Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Duda Dubeux e Victor Cavalheira. Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Duda Dubeux e Victor Cavalheira.
Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Eduarda Vieira e Cecília Pedrosa. Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Eduarda Vieira e Cecília Pedrosa.
Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Alana Almeida e Gustavo Krause. Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Alana Almeida e Gustavo Krause.
Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Leia também:

A galeria do Carvalheira na Ladeira

Author: Beatriz Pires

Share This Post On