Iphan tomba Fernando de Noronha e decisão não agrada moradores nem Governo do Estado

O Iphan – Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural tombou toda a ilha de Fernando de Noronha. A ação, que ainda tem caráter provisório, tem gerado polêmica na ilha. As informações são da jornalista Ana Clara Marinho, do blog Viver Noronha. Como consequência do tombamento, caso seja aprovado em caráter definitivo, as construções na ilha ficarão mais restritas e o órgão será o responsável por analisar e aprovar novas construções. A votação acontecerá em Brasília, no dia 11 de junho.

Crédito: Keila Castro/Divulgação

Crédito: Keila Castro/Divulgação

Reginaldo Valença, administrador da ilha, disse que o Governo do Estado não concorda com o tombamento e vai contestar a decisão. “Esta é uma decisão unilateral, não fomos ouvidos. O Iphan chega a levar seis meses para analisar um processo. O primeiro questionamento é qual o motivo de tombar a ilha por completo ao invés de algumas áreas especificamente. Estamos contestando o procedimento e este processo deve ser paralisado até a o julgamento final”, afirmou Valença em entrevista à jornalista. O Conselho Distrital, que representa os moradores, fará reunião extraordinária nesta sexta para debater o assunto. O conselho também questiona o tombamento e diz que a população não foi consultada.

Author: Beatriz Pires

Share This Post On