Museu do Amanhã abriu ao público, neste sábado, com enorme fila no Rio

Crédito: Lívia Torres/Divulgação

Museu do Amanhã é a nova atração do Rio de Janeiro, construído no Píer  Mauá – Crédito: Lívia Torres/Divulgação

O Museu do Amanhã, iniciativa da Prefeitura do Rio e da Fundação Roberto Marinho, foi aberto gratuitamente ao público na manhã deste sábado com fila imensa sob o calor do Rio de Janeiro.

Crédito: Cristina Índio do Brasil/Agência Brasil

Crédito: Cristina Índio do Brasil/Agência Brasil

Arquitetado pelo espanhol Santiago Calatrava, o museu instalado no Píer Mauá é dividido em cinco espaços e convida os visitantes a refletirem sobre o passado, o presente e o futuro. Uma das etapas mostra as reflexões sobre a sociedade brasileira e o mundo, assim como o tamanho da população do planeta, o quanto já desperdiçamos de matéria-prima e o que estamos fazendo com o planeta. O prédio construído lembra um imenso veleiro, “ancorado” em frente à Baía de Guanabara.

Crédito: Agência Brasil

Dilma na inauguração do Museu do Amanhã – Crédito: Agência Brasil

A entrada é registrada em um cartão, onde o visitante poderá controlar as atrações já conferidas e ao chegar no fim da atração, o visitante se depara com uma visão privilegiada do horizonte, através da imagem do espelho d’água da Baía de Guanabara. O acesso ao museu custa R$ 10. Menores de 21 anos, estudantes de escolas e universidades particulares, pessoas com deficiência, servidores públicos do município, moradores da cidade e clientes Santander pagam R$ 5.

 

Author: Thayse Boldrini

Share This Post On