A Wesley Safadão de saias

Wesley Safadão e Márcia Felippe/Facebook/Reperodução

Wesley Safadão e Márcia Felippe/Facebook/Reperodução

Márcia Raquel não sonhava em ser cantora quando criança. Ela não sabia qual a profissão seguir, mas quando tomava banho de balde no banheiro da casa onde morava, em Manaus, sempre soltava a voz. Gostava de cantar músicas de Marisa Monte e Gal Costa. De tanto ouvir que tinha “uma voz bonita” e depois de ganhar em um festival da canção —inscrita por uma amiga—, decidiu se aventurar como “crooner” em uma banda de baile.

O pai, seu Osman Ribeiro, fã do grupo Magníficos, parece que previa o futuro da filha mais velha. “Menina, vai cantar o que o povo gosta, vai cantar forró.” O ritmo não a atraia, mas quis o destino colocar o gênero em seu caminho e, hoje, 12 anos depois, ela virou Marcia Fellipe, a cantora que faz em média 25 shows por mês —em junho estão agendadas 32 apresentações— e  já está sendo chamada de “Wesley Safadão de saias” no Nordeste do Brasil. (Com informações da UOL)

Author: João Alberto

Share This Post On