Com gols de Wesley Safadão, Jogo do Bem terminou em empate e celebrou a solidariedade

Wesley Safadão em campo no Jogo do Bem - Crédito: Peu RIcardo/Esp. DP

Wesley Safadão marcou dois gols no Jogo do Bem – Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Cerca de 23 mil pessoas foram à Arena Pernambuco, na noite dessa quarta-feira, para assistir ao Jogo do Bem, partida beneficente que levou ao campo ídolos do futebol brasileiro como Hernanes, Lucas, Edmilson, Edilson e artistas como Toni Garrido e Wesley Safadão. “Eu gosto de jogar futebol, é meu hobby. A intenção é ajudar, quando eu recebi a ligação de Hernanes  topei na hora e só depois fiquei sabendo o nome dos outros jogadores que iam entrar na partida. A logística está bem apertada: eu vim para Recife e daqui já saio direto para um show em Sergipe”, disse Wesley. (Confira o vídeo clicando aqui).

Foram 29 mil ingressos vendidos e uma renda de R$183 mil, que será revertida para três instituições de caridade: Love.fútbol, Aliança das Mães e Famílias Raras (Amar) e Associação de Famílias para o Bem-Estar e Tratamento da Pessoa com Autismo (Afeto).

Crédito: Peu RIcardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu RIcardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu RIcardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Nas arquibancadas, o público puxava um coro absoluto no estádio: “Vai Safadão, Vai Safadão”. Ele entrou no gramado segurando um bebê no colo, ao lado do secretário Felipe Carreras, para entoar o Hino de Pernambuco. O juiz, antes de apitar o início do jogo, pediu uma selfie com o cantor. Com os times em campo, o primeiro gol foi marcado por Hernanes, que atualmente é o camisa 11 da Juventus Football Club. Mas quem roubou a cena mesmo foi Wesley. Bastava ele tocar na bola para que os torcedores gritassem e vibrassem à espera de um gol. Ele, vestindo a camisa 9 do time de Hernanes, respondeu com beijos e acenava a todo tempo.

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Do futebol pernambucano estavam lá Zé do Carmo, Sandro, Araújo, Dênis Marques, Adriano, Chiquinho, Russo e Kuki. O placar final do Jogo do Bem foi empate: 4 para o time de Hernanes, que teve como treinador o técnico pernambucano Roberto Fernandes e 4 para o time do zagueiro Miranda, comandado pelo tetracampeão Ricardo Rocha. Antes do jogo terminar, Safadão deu uma volta no campo para agradecer ao público, mas não conseguiu completar porque cerca de 50 torcedores invadiram o gramado. Este foi o primeiro evento na Arena Pernambuco sob a gestão do Governo do Estado, fruto de uma parceria da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer com a Love.Fútbol.

Crédito: Peu RIcardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu RIcardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu RIcardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Crédito: Peu Ricardo/Esp. DP

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Confira a escalação:

Time 1 – Hernanes
1 – Bárbara
2 – Russo
3 – Sandro
4 – Adriano
5 – Zé do Carmo
6 – Lucio
7 – Chiquinho
8 – Ailton
9 – Wesley Safadão
10 – Hernanes
11 – Kuki
Técnico: Roberto Fernandes
Reservas
Yuri Leite (Z)
Lucio Surubim (Z)
Canibal (VL)
Almir Rouche (VL)
Flávio (VL)
Nando Cordel (M)
Jamildo Melo (M)
Mano Silva (M)
Camilo Simões (M)
Felipe Carreras (A)
Tuca Sultanum (A)
Maciel Jr. (A)
Diego Nunes (A)

Time 2 – Miranda
1 – Rafael Padilha
2 – Túlio Glasner
3 – Miranda
4- Cesar
5 – Edmilson
6 – Marquinhos
7 – Edílson
8 – Dado Cavalcanti
9 – Araújo
10 – Lucas
11 – Tony Garrido
Técnico: Ricardo Rocha
Reservas
Enrique (G)
Carlos Morais (Z)
Hidenburgo (LD)
Flavinho (LE)
João Rafael (VL)
Arnaldo Xavier (VL)
Felipe Godin (M)
Giovani di Carlli (M)
Vladimir Melo (M)
Lucas Freitas (A)
Bruno Lacet (A)
Murilo Gun (A)
Pecinho Amorim (A)
Rembrandt Jr. (LD/VL)

Salvar

Author: Thayse Boldrini

Share This Post On