Show de Isabella Taviani atrasa, mas não decepciona o público pernambucano

Por Wagner Oliveira

Crédito: Wagner Oliveira/ Esp. Blog Joaão Alberto

Crédito: Wagner Oliveira/ Esp. Blog Joaão Alberto

Os trinta e cinco minutos de atraso para o início do show não tiraram o brilho da apresentação da cantora carioca Isabella Taviani, na noite dessa sexta-feira, no Teatro Guararapes. Depois de um ano e um mês sem cantar no Recife, Isabella voltou a Pernambuco com a turnê The Carpenters, em homenagem à dupla norte-americana.

O novo álbum intitulado Carpenters Avenue tem 14 faixas. “Escuto The Carpenters desde criança. Ouvia as músicas e ficava me imaginando aqui, exatamente onde estou agora. Gravar as canções de Karen e Richard foi uma homenagem de fã para seus ídolos. Vou mostrar agora aquela que era a minha música de cantar no chuveiro. E você podem cantar comigo”, convidou Isabella, antes de cantar Only Yesterday.

Esse é o primeiro trabalho como intérprete feito por Isabella, que já tem seis álbuns autorais gravados. Metade das músicas do Carpenters Avenue foi gravada no Brasil. A outra metade em Los Angeles, no estúdio da Capitol Records, onde dividiu a clássica canção Close To You com a cantora norte-americana Dionne Warnick, que era muito amiga de Karen.

Depois de interpretar as faixas do seu novo álbum, Isabella e a banda deixaram o palco. A volta não demorou. “Vocês sabiam que eu não iria deixar vocês com esse gostinho de quero mais. E agora não vou cantar em inglês”, brincou. Para relembrar seus sucessos, a cantora trouxe hits como Diga sim, Luxúria, Digitais e muitos outros. Quem acompanhou a artista foram os músicos André Rodrigues, no baixo; Felipe Melanio, na guitarra; Marco Brito, no teclado e Pantico Rocha, na bateria.

Author: Juliana Freire

Share This Post On