Michel Temer transferiu problema para governadores e prefeitos

Michel Temer/Ag. Brasil

Michel Temer/Ag. Brasil

O presidente Michel Temer quer que a reforma da Previdência seja votada o quanto antes. E para isso resolveu recuar um pouco e deixar fora da reforma os servidores estaduais e municipais. Somente os trabalhadores do setor privado e os servidores federais entrarão na proposta. Temer atendeu a alguns pedidos de mudança, alguns partindo dos próprios governadores para que fosse votada ainda no primeiro semestre. Com esta decisão, o presidente passou a bola para que governos estaduais e municipais façam suas próprias reformas. A deliberação deixou governadores em pânico porque será difícil convencer os deputados estaduais a estudarem o assunto ainda este ano.

Author: João Alberto

Share This Post On