Após 41 anos, a McDonald’s deixa de patrocinar as Olimpíadas

Na manhã da última sexta-feira, o Comitê Olímpico Internacional anunciou uma nota oficial divulgando que a McDonald’s deixou oficialmente de fazer parte dos membros do programa TOP (The Olympic Partner). A rede de fast food não está mais entre os membros do grupo de patrocinadores.

Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

Ainda segundo o comitê, a decisão foi tomada em mútuo acordo e teve como motivo o fato de o McDonald’s “estar buscando focar em prioridades políticas diferentes”. Os detalhes financeiros da separação são confidenciais. No entanto, tal decisão não abrange as olimpíadas de inverno PyeongChang 2018, com direitos válidos no mercado nacional coreano. Restaurantes da rede estarão normalmente em funcionamento no local dos jogos em questão.

O COI ainda conta com 12 patrocinadores do programa TOP. Coca Cola, Atos, Dow, General Electric, P&G, Samsung e Visa têm acordos assinados até 2020; Bridgestone, Panasonic e Toyota, até 2024; Alibaba até 2028 e Omega até 2032.

Author: Júlia Molinari

Share This Post On