Kim Kardashian e Kanye West contratam barriga de aluguel

Em seu reality show, Keeping Up With The Kardashians, Kim Kardashian admitiu querer um terceiro filho, mas não poderia engravidar por causa de complicações em seu organismo. A socialite tem placenta acreta, que é uma condição que acontece quando o órgão adere anormalmente à parede uterina, colocando sua vida em risco em uma nova gravidez.

Kim Kardashian, Kanye West e seus dois filhos - Crédito: Divulgação

Kim Kardashian, Kanye West e seus dois filhos – Crédito: Divulgação

Por esse motivo, Kim e o marido Kanye West resolveram contratar uma barriga de aluguel, por meio de uma agência, para gestar o futuro irmão/irmã de North e Saint West. “Cheguei à conclusão de que não posso ter outro [bebê]. Então agora eu quero explorar a barriga de aluguel”, falou à mãe Kris Jenner em um dos episódios do programa.

De acordo com o TMZ, o casal já tem uma mulher selecionada para gestar a criança e concordou em pagá-la U$ 45 mil, quantia que será dividida em dez parcelas. Caso haja mais de um bebê, ela ganhará U$ 5 mil a mais por cada criança e, se a mulher perder os órgãos reprodutivos, ela ganhará 4 mil dólares. Kim e Kanye também concordaram em depositar US$ 68.850 para a agência que encontrou a barriga de aluguel.

Segundo o contrato, a escolhida deve seguir uma série de restrições: não poderá fumar, beber álcool e usar drogas duranta a gravidez; não pode ir em ‘hot tubs’ (banheiras de hidromassagem com água quente) ou saunas; não pode manipular lixo para gato; não pode aplicar tintura para cabelo e nem beber mais de uma bebida com cafeína por dia ou comer peixe cru. Ainda de acordo com o site, a moça também concordou em restringir as atividades sexuais nas semanas anteriores à gravidez e três semanas depois da implantação do embrião.

O documento diz que Kim e Kayne “assumem as responsabilidades legais e parentais de qualquer criança que possa ter quaisquer alterações congênitas ou outras anormalidades ou defeitos“.

Author: Júlia Molinari

Share This Post On