Joana Terra reúne parcerias pernambucanas no disco ‘Feito Raio’

Joana Terra lança disco ‘Feito Raio’ – (Foto: Ashlley Melo)

Desbravar o mundo, conhecer-se, assumir a própria existência. O ser e estar mulher como fonte de poder, arte e vida. É sobre isso que entoa a cantora e compositora baiana Joana Terra no seu segundo disco de carreira. Com lançamento digital neste sábado (17), o álbum Feito Raio apresenta oito canções de extremos lirismo e brasilidade, abordando intensidades emocionais e processos de vida sob a ótica e a sensibilidade do feminino.

Violonista e compositora de muita autenticidade, desde uma temporada em Pernambuco no ano de 2017, estabeleceu forte conexão com artistas da nova música autoral pernambucana. Outras ocasiões aconteceram desde então, e a artista passou a compor em parceria, principalmente musicando poesias. Feito Raio é um álbum no qual Joana celebra as parcerias com Pernambuco e seu elo artístico com o Estado.

Todas as canções do disco são de autoria de Joana com artistas pernambucanos: PC Silva, Lucas Torres, Juliano Holanda – diretor artístico do disco – e Ezter Liu – uma das principais parceiras de composição da baiana. Quatro das oito canções do álbum de Terra foram feitas a partir de poesias de Liu, escritora e poeta de Carpina/PE, a primeira mulher a ganhar o Prêmio Pernambuco de Literatura. Destaque também para duas participações especiais de grande quilate: Almério na faixa Vai, single lançado em março passado; e Ceumar na faixa Cíclica, que ganha também participação de Ezter em trecho recitativo.

>> A ARTISTA

Natural de Barra de Estiva, na região da Chapada Diamantina, Joana Terra é cantora, compositora e violonista. Começou a carreira em 2004, participando do Festival de Música da Rádio Educadora FM. Entre 2008 e 2013, fez parte do grupo Samba das Moças, com quem realizou dezenas de apresentações pela Bahia. Em trajetória solo, lançou o primeiro álbum Vermelha em 2019, no qual constam as faixas Lugar do amor, vencedora do Prêmio Grão de Música 2020, e a balada Meu karma, sucesso que soma mais de 20 mil execuções somente no Spotify.

De 2017 para cá, encontra em Pernambuco solo fértil para seu desenvolvimento artístico – estabeleceu parcerias musicais, entre elas com Juliano Holanda, que assina a direção musical de seus dois álbuns; se apresentou em espaços culturais entre o Recife e o interior; e integra a Mostra Reverbo, movimentação que reúne novos cantores e compositores da música autoral pernambucana. Graças às conexões artísticas, viu composições suas serem entoadas por vozes como Rubi, Gabi da Pele Preta, Tonfil e Almério. 

O projeto CD Joana Terra – Feito Raio tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia), via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Author: Mariane Magno

Compartilhe este post

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.