Promessa não cumprida

termope

Ao confirmar outra vez o uso de termelétricas para “garantir energia”, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico, do Ministério de Minas e Energia, inviabiliza promessa de Bolsonaro na recente Cúpula do Clima, diante do americano Joe Biden, de reduzir 37% as emissões de carbono até 2025. Em vez de reduzir em energia limpa e barata, reduzindo emissões, o governo favorece as térmicas de alto custo e elevada emissão de carbono. Essas usinas custam mais de R$ 20 bilhões por ano aos cofres públicos.

Author: João Alberto

Compartilhe este post

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.