Municípios sem condições de pagar novo piso de enfermeiros

Em reunião virtual na Amupe, Glademir Aroldi, presidente da Confederação Nacional dos Municípios, revelou que os prefeitos não estão contra o aumento do piso salarial dos enfermeiros e técnicos de enfermagem, mas não dispõem de recursos para assumir mais este encargo. Em Pernambuco, 48% dos municípios estão no limite do teto de gastos com pessoal. Ideia é federalizar o pagamento daqueles servidores.

Author: João Alberto

Compartilhe este post

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.