Aeroporto dos Guararapes tem alta de 11% no movimento durante o mês de junho

Número de passageiros transitando pelo terminal representa 85% do total do período pré-pandemia (Divulgação/Setur)

Vivenciando a retomada das atividades turísticas no estado, o Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre registrou um aumento de 11% na movimentação de passageiros em junho. De acordo com o setor de pesquisas da Empetur, 536.636 pessoas transitaram pelo terminal no último mês.

Novaes comenta que a expectativa é de que o bom movimento continue neste mês. “Agora em julho, nossa malha aérea já atende 34 destinos. Em 2019, no pico da malha, por causa das férias, eram 44, incluindo os destinos internacionais, que ainda estão parados, com exceção de Portugal. Em breve, teremos a ITA também operando no Recife”, concluiu.

O levantamento da Empetur também comparou o resultado da movimentação de junho de 2021 com o mesmo período em 2019, quando o país ainda não enfrentava a pandemia da Covid-19. Naquele ano, considerado regular para a atividade turística, o Aeroporto dos Guararapes recebeu 644.095 visitantes. Dessa forma, a movimentação atual já alcança 85% do total registrado no período pré-pandemia.

“Estes dados nos animam a seguir o trabalho de resgate da nossa malha aérea. Temos reuniões semanais com a Aena e com companhias aéreas para que cada vez mais voos sejam disponibilizados”, comentou o presidente da Empetur, Antônio Neves Baptista.

>> VOOS

Em julho, o Aeroporto do Recife tem autorização da Anac para operar ligações diretas a 34 destinos, sendo 33 nacionais e um internacional. Os voos partirão para as cidades de Aracaju, Aracati, Belém, Brasília, Campina Grande, Caruaru, Confins, Cuiabá, Fernando de Noronha, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Juazeiro do Norte, Maceió, Manaus, Mossoró, Natal, Palmas, Petrolina, Porto Alegre, Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Salvador, São Luís, São Paulo (Campinas, Congonhas, Guarulhos, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto), Serra Talhada, Teresina, Uberlândia e Vitória. Atualmente, a única operação internacional é para Lisboa.

(Danielle Santana/Diario de Pernambuco)

Author: Mariane Magno

Compartilhe este post

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.