Brasileira diz que foi proibida de embarcar em avião por ser ‘gorda’

A influenciadora Juliana Nehme relata ser vítima de gordofobia por companhia aérea
Reprodução

A influenciadora brasileira Juliana Nehme fez um desabafo nas redes sociais após ser “proibida” de embarcar em um voo da Qatar Airways para o Brasil por ser “gorda”.

Em um vídeo publicado no seu perfil do Instagram, na terça-feira (22), Juliana, que está no Líbano, explicou que a gordofobia começou com uma aeromoça, “ela disse que eu não era bem-vinda para embarcar porque sou gorda” e que só poderia viajar caso “comprasse passagem de primeira classe”.

A jovem relatou que teve a sua passagem e as dos demais membros de sua família retidas pela funcionária da companhia. “Ela reteve as passagem da minha mãe, minha irmã, meu sobrinho e a minha! Depois de horas implorando, ela devolveu todas as malas que já tinha sido despachadas”, explicou. 

Segundo Juliana, ela também teria sido ameaçada e empurrada por uma funcionária da companhia. Desde a confusão, a influenciadora segue no Líbano onde chegou a procurar ajuda no Consulado brasileiro local. 

Author: Mariana Queiroz

Compartilhe este post

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.