Consulado francês celebra o Dia Nacional da França

Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

O Consulado Geral da França armou uma festa para celebrar o 14 de julho, dia nacional do país, no final da tarde de hoje, no Museu da Cidade do Recife, no Forte das Cinco Pontas. O cônsul Patrice Bonnal e a consulesa Manaé foram os anfitriões do evento, que estava decorado com flâmulas da França e iluminada nas cores azul, vermelho e branco.

Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

Ao lado das bandeiras do Brasil, da França e da Europa, Patrice discursou para os convidados sobre a importância histórica da data. “Esta festividade é muito marcante e significativa para o povo francês, pois comemora a tomada da Bastila, em 1789, e a Revolução Francesa. Além disso, ela promove e afirma nossa relação com outros países. O Brasil, por exemplo, é bastante acolhedor e, por esse motivo, muitos franceses gostam de morar aqui”, falou.

Em seguida, os hinos da França, União Europeia e do Brasil foram executados. Por fim, o cônsul propôs um brinde entre os presentes.

O cônsul Patrice discursa Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

O cônsul Patrice discursa Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

A artista franco-brasileira Marianne Peterri e a consulesa Monaé Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

A artista franco-brasileira Marianne Perreti e a consulesa Monaé Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

A ocasião marcou, ainda, o pré-lançamento da revista La Pensée, que contém textos em duas línguas: português e francês; e será distribuída em algumas bancas e museus da cidade, no voo Rio-Paris e Aeroporto Internacional Gilberto Freyre.

Revista La Pensée Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

Revista La Pensée Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

O presidente da Aliança Francesa e idealizador da iniciativa, Fernando Campello, contou que tudo começou em 2011, quando ele teve a ideia de fazer uma publicação que destacasse o que há em comum entre Paris e Recife. Para tirar o plano do papel, ele fez um esboço com vários textos e entregou ao gestor cultural Marcos Silveira, que adorou o resultado e ajudou a distribuir entre os conhecidos. Porém, só este ano o livreto virou, de fato, uma revista.

Patrice com Fernando Campello Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

Patrice com Fernando Campello Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

“A Le Pensée une cultura, gastronomia, moda e a arte dos dois países e também serve como base didática para os estudantes que desejam aprender francês ou melhorar seus conhecimentos na língua, pois todas as matérias são traduzidas. Afora isso, o parisiense é bastante interessado pela cultura de outros povos. Acredito que a revista vai despertar curiosidade neles”, disse.

Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

Crédito: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

Para animar a confraternização, o DJ Ronaldo Costa foi escalado. Já o buffet ficou no comando da Canelés Massé.

Author: admin

Share This Post On