Nana defende liberação das biografias

nana

Márcia Peltier revela que Nana Caymmi não está entendendo direito a campanha que a associação Procure Saber, constituída por cabeças coroadas da MPB, está empreendendo pela proibição de biografias não autorizadas. “Num país em que a média vergonhosa de leitura não passa de dois livros por ano, acho que esse grupo poderia ocupar o seu tempo com coisas melhores e não atrapalhar a vida de quem está defendendo uma tese”.

A cantora, que tem uma filha biógrafa (Stella Caymmi, doutora em Letras, escreveu sobre o avô, Dorival) acredita que uma pessoa pública não pode negar autorização para uma obra do gênero. “Acho uma honra ter a vida registrada, só comparável a virar enredo de escola de samba. Se o interesse é ganhar dinheiro, é lamentável”.

 

Author: admin

Share This Post On