Uma biografia polêmica

Mike Tyson/Divulgação

Mike Tyson/Divulgação

Mike Tyson lança esta semana sua autobiografia Undisputed Truth (Verdade Incontestável, em tradução livre), em parceria com o escritor americano Larry Sloman. Livro contará episódios de um dos mais controversos e polêmicos lutadores da história: ele fala inclusive sobre o período em que esteve preso acusado de estupro.

“Na cadeia eu fazia tanto sexo que ficava esgotado, nem sequer ia para a academia. Simplesmente ficava na cela o dia inteiro”, disse Tyson, que ficou preso durante três anos entre 1992 e 1995, acusado de ter estuprado uma garota de 18 anos em um hotel em Indiana, nos Estados Unidos.Tyson conta que suas parceiras amorosas eram inicialmente visitantes, mas depois teve um longo envolvimento com uma conselheira penitenciária – ele teria inclusive dado US$ 10 mil à funcionária para que ela pudesse consertar o telhado da própria casa.

Ele tenta mais uma vez provar inocência das acusações do estupro ocorrido há 22 anos. Contya também sobre o envolvimento com drogas, alcoolismo e a atual situação financeira: ganhou US$ 300 milhões ao longo da carreira, mas está mergulhado em dívidas.

 

Author: admin

Share This Post On