Uma parceria problemática

Crédito: PSB/Divulgação

Crédito: PSB/Divulgação

É polêmica a parceria do PSB e PSDB em São Paulo. Depois de Marina Silva dizer que não apóia a reeleição de Geraldo Alckmin, o governador paulista afirmou, ontem, que não vai subir no palanque do presidenciável pernambucano. “Os que forem do PSB vão apoiar o seu candidato, Eduardo Campos. Os do PSDB vai apoiar o Aécio”, disse o governador que participou da convenção do Solidariedade. O evento também contou com a presença do presidenciável Aécio Neves.

Author: João Alberto

Share This Post On