Dez micos que devem ser evitados em casamento

nina-selo590Por mais informal que seja o casamento, existem regras de etiqueta que não podem passar batido. Seja os noivos ou os convidados, pega mal cometer gafes. Então fique de olho nas dicas abaixo e faça da sua festa inesquecível pela emoção e alegria, e não pelos micos cometidos!

Crédito: Creative Commons / Divulgação

Crédito: Creative Commons / Divulgação

1-Atraso da noiva e dos padrinhos
Foi-se a época que era normal esperar por horas e horas a noiva chegar à igreja. Chique é ser pontual! Obedecer aos horários do convite é respeitoso e a regra vale também para os convidados, principalmente os padrinhos. Se você foi convidado para apadrinhar o casal, chegue com, no mínimo, 30 minutos de antecedência para usufruir da orientação do cerimonial no cortejo.

Imagem ilustrativa - Crédito: Roberto Ramos/DP/D.A Press

Imagem ilustrativa – Crédito: Roberto Ramos/DP/D.A Press

2 – Levar para casa os arranjos da mesa e/ou  porta guardanapos:
A tentação é grande,  os arranjos são lindos, jarros divinos. Os porta-guardanapos super elegantes… Mas atenção: Em regra tudo isso faz parte da decoração e portanto não estão disponíveis para serem levados para sua casa. A noiva pagará pelas peças “surrupiadas” e terá uma surpresa supernegativa logo na volta da lua de mel, quando deveria estar preocupada com sua nova casa, ainda estará resolvendo prejuízos da festa.

Crédito: Charles Johnson/Divulgação

Crédito: Charles Johnson/Divulgação

3- Os noivos montarem sua lista de presentes apenas com itens de valor elevado.

O maior presente sempre será a presença de quem você gosta. Pense nisso e escolha presentes para todos os bolsos.

Crédito: Sxc.hu / Divulgação

Crédito: Sxc.hu / Divulgação

4 – Poucos convidados e igreja grande demais
Nada mais esteticamente feio do que uma foto da igreja vazia. Isso acontece quando os noivos escolhem uma igreja grande demais, mesmo com uma lista de convidados reduzida. Fica parecendo que o casal não foi prestigiado por seus próprios convidados.

Imagem ilustrativa Crédito: Divulgação

Imagem ilustrativa Crédito: Divulgação

Evite  isso calculando sua lista de convidados e a capacidade da igreja com a quantidade de bancos disponíveis. Lembre-se que sempre terão os que irão direto para a recepção, principalmente se o casamento acontecer numa sexta-feira (o que poderia ser mais um item para nossa relação de gafes.)

5- Avançar na mesa de doces antes de liberada
Ou ainda levar uma sacola de doces e bem casados pra casa, como se não houvesse outros convidados na festa. Controlem o ímpeto de devorar os doces antes do tempo! A equipe de filmagem e fotografia ainda estão registrando os detalhes da festa. Tem ainda quem leve sacolinhas pra casa, repletas de guloseimas! Nada mais deselegante.

 6 – Noivos bêbados

Crédito: Reprodução/freeimages.com

Crédito: Reprodução/freeimages.com

A felicidade é grande, mas evite os excessos. A bebedeira pode custar as suas lembranças de um dia tão especial e aguardado.

7 –  Ir de “penetra” para a festa. Ou levar alguém que não foi convidado.
O convite é direcionado aos nomes que constam no envelope. Se você quiser levar mais alguém, recomendo conversar com os noivos previamente para saber a viabilidade de incluí-lo na lista. Visto que a maioria dos serviços contratados são contabilizados por pessoa.

8 – Homens com trajes inadequados
Vestir-se fora dos padrões que pedem a ocasião pode parecer desleixo ou falta de consideração. Não faça isso com quem você gosta tanto! Vá com trajes adequados e se pintar alguma dúvida, pergunte antes! O que não vale é estar mal vestido.

9 – Mulheres com vestidos de cores inadequadas ou com cortes exagerados
Vestidos brancos são banidos dos casamentos. Só a noiva pode usar essa cor. Parece óbvio mas ainda tem pessoas que insistem em usá-los. Vale salientar que madrinhas e mães dos noivos devem também evitar o preto e cortes de vestidos exagerados, com decotes muito profundos, já que estarão no altar.

10 – Convidado pagar garçons para obter serviço exclusivo

Crédito: Divulgação/mercadolivre.com.br

Crédito: Divulgação/mercadolivre.com.br

Prática bastante comum, porém lamentável. Os noivos pagaram pelo serviço e calcularam o número de garçons de acordo com a quantidade de convidados, portanto é totalmente desnecessário pagar mais por isso.

Confira outras matérias de Nina para o Blog João Alberto, clicando aqui.

Para acessar o blog de Nina Lacerda, o Até que Enfim, clique aqui.

Autor:: Tatiana Sotero

Compartilhe este post sobre