O desaparecimento do presidente do Banco Central

Alexandre Tombini/Ag. Brasil/Divulgação

Alexandre Tombini/Ag. Brasil/Divulgação

 

No começo do segundo governo de Dilma, quando foi constituída a nova equipe econômica, formavam nela Joaquim Levy (Fazenda), Nelson Barbosa (Planejamento) e Alexandre Tombini (Banco Central). Até posaram para fotos, juntos. Aos poucos, a figura de Tombini foi escasseando da cena principal – até evaporar. Agora pode até perder o status de ministro na reforma do governo.

Autor:: João Alberto

Compartilhe este post sobre