CPI da Petrobrás terminou numa enorme pizza

Hugo Mota/Correio Braziliense

Hugo Mota/Correio Braziliense

Com apenas 25 anos, o deputado federal paraibano Hugo Motta apareceu bem na fase inicial da CPI da Petrobrás. No entanto, acabou comandante de mais uma pizza. Com vários deputados e senadores envolvidos no Petrolão, a comissão não indiciou qualquer parlamentar no relatório. Foi na verdade, uma grande pizza, mais uma vergonha para a Câmara dos Deputados. E vejam que esta CPI custou um fortuna, incluindo várias e inócuas viagens dos seus integrantes e até a contratação de uma consultoria internacional, que não descobriu nada.

 

Author: João Alberto

Share This Post On