Aprovação da CPMF é muito difícil

Dilma Rousseff/Roberto Stuckert Filho/Divulgação

Dilma Rousseff/Roberto Stuckert Filho/Divulgação

Apesar de todo o esforço de Dilma Rousseff, dificilmente a CPMF será aprovada. Uma emenda constitucional para permitir sua volta exigirá votação em dois turnos e três quintos dos votos. Coisa dificílima, especialmente em ano de eleição. Enquanto trabalha em todas as frentes para conseguir o imposto – em um país que tem uma das mais altas cargas tributárias do mundo – nenhuma ação pra valer de corte de gastos do governo é feita.

Author: João Alberto

Share This Post On