Entrevista com Vitin, da Onze:20

A banda mineira Onze:20, sensação do reggae, chega ao Recife para show hoje, no Baile Perfumado. A banda, que mistura várias referências no que chamam de Roots Rock Reggae, promete uma apresentação com todos os sucessos da carreira para os fãs pernambucanos.  O Blog João Alberto conversou com Vitin, o vocalista da banda, sobre a expectativa para o show de hoje e os projetos para o futuro. Confira:

Onze:20 - Crédito: Divulgação da banda

Onze:20 – Crédito: Divulgação da banda

– Primeiramente, o que é o Roots Rock Reggae que agrada tanta gente?
Bem, na verdade somos um bando de roqueiros apaixonados pelo Reggae. Essa mistura de estilos é uma das nossas principais características. E mesmo com toda essa vida corrida, piramos em andar pela rua, jogar conversa fora com nossos amigos, pegar um ônibus pra ir ensaiar. Essas são nossas raízes, dai surgiu o nosso “Roots Rock Reggae”.

– Há algum novo projeto no futuro? Planos para um novo álbum ou DVD?
Estamos trabalhando em dois novos projetos. Esperamos lançar um EP com musicas inéditas em breve e já começamos a nos organizar para gravação nosso primeiro DVD. Esse ano promete!

– Nas redes sociais vocês são superativos, qual a importância do contato com os fãs na internet?
Temos uma ligação muito forte com a galera da internet. Eles estão sempre conectados e nos acompanhando, tentamos sempre estar o mais próximo possível deles, sendo no Facebook, Twitter ou Instagram. Sem eles nossa caminhada musical não existiria. Somos gratos!

– Vocês estiveram no Recife em outubro passado. Como foi a recepção do público e qual a expectativa pra este novo show?
Foi incrível! O carinho que recebemos da ultima vez que estivemos em Recife foi impressionante. Em todos lugares fomos recepcionados super bem, do desembarque no Aeroporto até na hora do show. Estamos ansiosos pelo show.

– E o que os fãs recifenses podem esperar? Alguma novidade no setlist?
Estamos preparando um show diferenciado pra galera de Recife. Preparamos um Setlist mais completo. Vamos tocar todas as músicas que fizeram nossa carreira até hoje. A festa vai ser bonita.

– Durante a passagem pela cidade, houve algum momento marcante?
Lembro que sempre quis conhecer a Praia de Boa Viagem e foi maravilhoso ter tido essa oportunidade. E foi marcante também pela quantidade de fãs no aeroporto esperando a gente, era muita gente, ficamos surpresos.

– Vocês se inspiram em vários estilos musicais diferentes. E na música pernambucana tem alguém que admiram?
Como não admirar artistas tão importantes pra música brasileira como Chico Science e o genial Luiz Gonzaga. Eles não só nos inspiram como são parte de nossas referências musicais.

Share This Post On