Conheça o trabalho de coaching, uma das profissões que mais cresce no mundo

Algumas vezes nos vemos em situações onde não conseguimos enxergar um caminho que nos leve aonde queremos chegar, seja no trabalho ou na vida pessoal. O que pouca gente sabe é que existe uma profissão – a propósito, uma das que mais cresce no mundo – que atua exatamente nesses momentos. São os coachesO Coaching, como é chamada a atividade, é um método que mistura técnicas de psicologia, neurociência, administração, gestão de pessoas, planejamento estratégico e várias outras e oferece, tudo isso junto, aos clientes, chamados de coachee.  

Imagem ilustrativa - Crédito: Reprodução/Free images

Imagem ilustrativa – Crédito: Reprodução/Free images

O processo leva em conta os pontos positivos e negativos de cada pessoa e faz com que o coachee melhore suas habilidades e adquira autoconhecimento. Pode ser feito em várias áreas. Existem coaches de emagrecimento, relações pessoais, liderança, carreira e até financeiro… Todos eles trabalham com a mesma metodologia: traçar metas individuais incentivando o cliente a ir além do esperado. São quatro os pontos em que o coaching atua: foco, planejamento, ação e melhora.

Milena Santos, formada em direito, queria ser promotora. Logo que saiu da faculdade, passou em um concurso para delegada e ingressou na profissão. Depois, tentou concursos para sua carreira dos sonhos, e, ao contrário da primeira experiência, não conseguiu passar. Por não entender o que havia de errado, procurou o acompanhamento de um coach, onde conseguiu ver suas dificuldades e superá-las. Hoje, a própria Milena trabalha em uma empresa de coaching, que criou com os sócios Daniel Mesquita e Gabriel Dias, a Coach Delta.

Daniel Miesquita, Milena Santos e Gabriel Dias da Coach Delta - Crédito: Divulgação

Daniel Miesquita, Milena Santos e Gabriel Dias da Coach Delta – Crédito: Divulgação

Milena atua na área jurídica para concursos, ajudando aqueles que desejam ser aprovados nas provas. No entanto, Milena explica que o coaching não trabalha com fórmulas mágicas: “Cada pessoa é diferente. O coach faz um raio-X do cliente, apontando suas dificuldades e o que deve fazer para melhorar. O coachee deve seguir as metas e aprender seus próprios caminhos, quais métodos funcionam melhor”, diz ela.

O acompanhamento se dá por meio de sessões, que podem ser presenciais ou online. Nelas, os profissionais conversam com os clientes e estimulam novas metas e objetivos. “É como numa academia. Quando o peso dos exercícios está muito fácil, o personal trainer aumenta. O coach também faz isso, sempre tirando o coachee da zona de conforto”, exemplifica Milena.

O coach Felipe Romariz também faz sessões online com as blogueiras - Crédito: Reprodução/Instagram

O coach Felipe Romariz também faz sessões online com as blogueiras – Crédito: Reprodução/Instagram

O coach Felipe Romariz, especialista em Carreira e Alta Performance, desenvolveu um projeto onde atende blogueiras. A ideia, segundo ele, surgiu de uma necessidade de profissionalização da área para que as meninas possam ser vistas com seriedade no mercado. O projeto começou em dezembro e Felipe já atendeu oito blogueiras, entre elas Gedai Silton e Giovana Zirpoli. Com o coaching, elas aprenderam a aumentar a produtividade e a otimizar o tempo. “O maior benefício é a abertura do campo de visão. A Gedai, por exemplo, durante o processo, criou o Bloggers Team. Ela teve a ideia sozinha, após nossas sessões”, diz Felipe.

Felipe Romariz e Gedai Silton - Crédito: Reprodução/Instagram

Felipe Romariz e Gedai Silton – Crédito: Reprodução/Instagram

O processo de coaching não tem tempo determinado. Por ser individual, cada pessoa responde de maneira diferente. No caso das blogueiras de Felipe, o acompanhamento dura em média dois meses e meio. Já para começar a se preparar para os concursos públicos, o processo dura, no mínimo, seis meses.

Compartilhe este post sobre