Vaquinha virtual ajuda menina com síndrome rara

Uma corrente do bem vem comovendo os internautas no último mês. O vídeo, compartilhado nas redes sociais, conta a história de Geovana, a Gigi, uma menina de 10 anos do interior de São Paulo. Ela nasceu com uma síndrome rara, de Morsier, que prejudica o desenvolvimento do nervo óptico. Por isso, Gigi não consegue enxergar.

Crédito: Reprodução/Youtube

Crédito: Reprodução/Youtube

A família da pequena iniciou um tratamento inovador, com células-tronco, mas não teve dinheiro para dar continuidade. O tratamento é feito na Tailândia e custa cerca de U$ 30 mil. Então, foi lançada uma campanha de doação para que Gigi consiga o valor necessário. A chance que ela consiga enxergar é de 95%. Além da deficiência visual, a Síndrome prejudicou outras funções de seu corpo, fazendo ela utilizar cerca de 400 fraldas por mês.

No site da vaquinha virtual feitao pela família de Geovana, o valor pretendido já foi alcançado. Mas, por conta de suas necessidades constantes, as doações ainda são bem-vindas. Assista ao vídeo:

Compartilhe este post sobre