Aventura romântica no ar

O avião pronto para decolar

O avião pronto para decolar

Sexo no avião é terminantemente proibido, não é? Esse não é o caso da Flamingo Air, uma empresa aérea de Cincinnati, nos Estados Unidos, que oferece voos em que o casal pode fazer o que quiser dentro da aeronave por uma hora. O preço: US$ 495 pela diversão privada, com direito a cortinas separando os aventureiros do piloto.A ideia de sexo nas alturas inspira fantasias em muitos viajantes. Em inglês há até uma expressão para chamar as pessoas que tiveram relações nas alturas: mile-high club.

O dono da Flamingo Air, David MacDonald, explicou à BBC como a empresa transformou um jatinho para oferecer o serviço. “Nós removemos a fila central de assentos e cobrimos o espaço com almofadas. O preço inclui até champanhe e chocolates.” A empresa aérea oferece o serviço desde 1991 e garante que o segredo do sucesso está em enfatizar que os voos oferecem romance, e não apenas sexo. Além disso, MacDonald fala que os maiores clientes são mulheres e que elas estão interessadas no romance que a empresa proporciona.

Os voos “especiais” já foram recomendados até por organizações religiosas como uma forma de apimentar a relação. Conselheiros amorosos ou matrimoniais também já recomendaram o serviço para casais em crise.A Flamingo Air realiza cerca de três voos por semana. Mas no Valetine’s Day – o dia dos namorados norte-americano -, a empresa chega a fazer dez voos por dia. Além disso, o empresário afirma que as pessoas podem agendar o serviço também para comemorar aniversários ou outras datas especiais.MacDonald conta também que três casais já se casaram durante um voo, “mas, no caso, eles não consumaram o matrimônio no voo. Infelizmente, o padre estava a bordo também”, explica.

O interior sexy do avião

O interior sexy do avião

Author: João Alberto

Share This Post On