O contemporâneo e o clássico se encontram na Casa Cor 2016

Isabela Coutinho e Carla Cavalcanti. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP - Blog de Joao Alberto -

Isabela Coutinho e Carla Cavalcanti. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP – Blog de Joao Alberto –

As irmãs Isabela Coutinho e Carla Cavalcanti apresentaram os detalhes da Casa Cor 2016 em coletiva de imprensa, na manhã desta quarta- feira. A mostra, localizada em um sobrado do século XIX- nas Graças, contará com 42 espaços assinados por arquitetos, designers e paisagistas mais requisitados do estado. Ficará aberta ao público nos dias 23 de setembro e 6 de novembro deste ano.

Luiza Nogueira e Simone Lima. Crédito: EXECUTIVA COMUNICAÇÃO

Luiza Nogueira e Simone Lima. Crédito: Reprodução/Executiva Comunicação

Logo na varanda da casa, o visitante sedepara com o cenário da Varanda Rui Barbosa, assinado pelas arquitetas Luiza Nogueira e Simone Lima. O local tem peças arrojadas como rústicos ventiladores de teto com três pás em fibra natural, o lustre Baccarat da década de 1930, estilo Art Deco, em cristal e bronze e uma tela a óleo do acervo pessoal de João Câmara.

Espaço "Loft do hóspede", assinado por Analice e Humberto Zirpoli. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP - Blog de Joao Alberto -

Espaço “Loft do hóspede”, assinado por Analice e Humberto Zirpoli. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP – Blog de Joao Alberto

Sala de estar do primeiro andar. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP - Blog de Joao Alberto

Sala de estar do primeiro andar. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP – Blog de Joao Alberto

Detalhe da mesa de jantar. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP - Blog de Joao Alberto

Detalhe da mesa de jantar. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP – Blog de Joao Alberto

Trazer algo de moderno e ainda assim realçar a beleza estilo classicista imperial do casarão foi dos maiores desafios dos arquitetos. Por isso, o espaço foi muito aproveitado com espelhos, móveis vintage, artigos em alumínio e valorizando estrutura como pilastras, marcadores de portais e piso, tudo para preservar a áurea antiga da casa.

Zezinho e Turíbio. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP - Blog de Joao Alberto

Zezinho e Turíbio. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP – Blog de Joao Alberto

“Se é bom, nós preservamos”, disse o arquiteto Turíbio Santos, que, pela primeira vez, expõe um ambiente em parceria com seu marido Zezinho. O espaço batizado de “A Sala de Turíbio e Zezinho” retrata um pouco dos gosto pessoais do casal. As peças que mais chamam atenção no cenário são um belíssimo sofá com estampa de samambaia e uma cristaleira com miniatura de vaquinhas.

Arquiteta Ana Cristina. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP - Blog de Joao Alberto

O quarto do Casal, assinado pela arquiteta Ana Cristina. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP – Blog de Joao Alberto

No ambiente intitulado Sala de Cinema, o que chamou atenção foi uma caixa espelhada que funcionava um pen drive que armazena música, fotos e videos e que bastava a pessoa destampar a caixa e posiciona- la perto do projetor que o arquivo era reproduzido para quem quisesse ver.

Detalhe da mesa do Bangalô. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP - Blog de Joao Alberto

Detalhe da mesa do Bangalô. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP – Blog de Joao Alberto

Cozinha principal. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP - Blog de Joao Alberto

Cozinha principal. Credito: Marcela Cintra/Esp.DP – Blog de Joao Alberto

Durante o tour pelo evento, houve uma queda de energia e para evitar o fim precoce da apresentação, um gerador foi acionado. Mas, ao fim do evento os presentes foram surpreendidos com um contínuo barulho de explosão e fogo, causado pelo gerador, que foi controlado rapidamente. O episódio não interferirá na programação do evento.

Crédito: Juliana Freire/ Esp. blog João Alberto

Crédito: Juliana Freire/ Esp. blog João Alberto

 

 

Author: Juliana Freire

Share This Post On